Osteopatia. O que é?

osteopatia-2d
(por Dra Anabela Cordeiro)


Osteopatia. O que é?

A osteopatia é um método manual e natural, que procura restabelecer o movimento e dar equilíbrio aos ossos, músculos, tendões, vísceras e estruturas cranianas. É um meio para reencontrar uma postura adequada e movimentos sem dor. Ajustando o equilíbrio interno e eliminando tensões, visa uma harmonia holística do corpo, proporcionando bem-estar.
A consulta de Osteopatia é sempre individual. Consta de um primeiro tempo avaliativo e um segundo tempo terapêutico. Na primeira parte o Osteopata interessa-se pelo estado de saúde geral e realiza uma série de perguntas e testes manuais para identificar as estruturas em disfunção. Após essa identificação aplicam-se as técnicas manuais necessárias para normalizar a função e eliminar os sintomas do paciente. ggggggggggggggggggggggggggggggggggggg
Independentemente da sua idade todas as pessoas podem fazer tratamento osteopático. É da responsabilidade do Osteopata aplicar tratamentos específicos em função das necessidades individuais de cada paciente.

Algumas indicações da Osteopatia:


        A Osteopatia está reconhecida pela Organização Mundial de Saúde como uma terapia complementar. Vários estudos têm sido publicados a comprovar cientificamente a sua eficácia.

        A Osteopatia tem bons resultados em várias situações porque vê o corpo na sua totalidade. Muitas vezes a origem do sintoma não coincide com o local onde ele se manifesta. A Osteopatia procura tratar a causa do sintoma para resolver o problema. Uma disfunção no pé obriga a que o joelho e a bacia se adaptem e quando estas estruturas não conseguirem aguentar mais pressões, o corpo começa a compensar pela coluna lombar e assim consecutivamente. Esta lógica aplica-se a todas estruturas do corpo, quer sejam mecânicas ou viscerais.