Sabe que doença mata mais em Portugal? Sabe que doença mata mais em Portugal?

Captura de ecrã 2016-02-15, às 11.34.43

Doenças do Aparelho Circulatório


São as Doenças do Aparelho Circulatório como por exemplo, Enfarte Agudo do Miocárdio, Acidente Vascular Cerebral ou outras doenças das artérias ou veias.
O que aumenta a probabilidade/possibilidade de vir a desenvolver uma doença dessas (aumento do Risco Cardiovascular)?
Existem alguns fatores que aumentam a possibilidade ou probabilidade de desenvolver uma Doença do Aparelho Circulatório, ou seja, aumentam o Risco Cardiovascular. São chamados
fatores de Risco Cardiovasculares:
• Excesso de peso
• Perímetro abdominal aumentado
• Alimentação não adequada
• Exercício físico não adequado
• Tensão artéria elevada
• Colesterol elevado
• Diabetes
• Álcool
• Tabaco
Quando devo “rastrear”/procurar esses Fatores de Risco Cardiovasculares?
De forma rotineira, consultando o seu médico uma vez por ano, a partir dos 40 anos ou antes se se justicar (por exemplo, história familiar sugestiva).
Uma das possibilidades para avaliar o RCV é a utilização de uma escala chamada SCORE. Esta divide o Risco Cardiovascular em 4 degraus, segundo a probabilidade de vir a desenvolver uma Doença do Aparelho Circulatório fatal (ou seja, da qual resultará em morte) nos próximos 10 anos.
Baseia-se no género, idade, tabaco, tensão arterial e colesterol total. Os 4 graus de risco são: Baixo, Moderado, Elevado e Muito Elevado.
Se eu estiver um Risco Cardiovascular Elevado ou Muito Elevado é possível alcançar um risco mais baixo?
Sim, se evitar e/ou controlar os tais FRCV, poderá passar para uma categoria de risco mais baixo (Baixo ou Moderado) e assim diminuir a sua possibilidade/probabilidade de vir a desenvolver uma Doença do Aparelho Circulatório fatal (diminuir o Risco Cardiovascular).


Captura de ecrã 2016-02-15, às 11.39.35


E como poderei fazer isso?

Evitando e/ou controlando os Fatores de Risco Cardiovasculares da seguinte forma:
•Manter um peso adequado (IMC entre 19 e 25 Kg/m2)
•Manter um perímetro abdominal adequado (Homens <94cm;
Mulheres <80 cm)
• Alimentar-se de forma correta (fazer 5 refeições por dia,
reduzir a quantidade de sal, evitar gorduras e fritos)
•Praticar exercício físico regularmente (caminhadas de 30 a
60 minutos por dia, com passo regular e rápido de forma a ficar com a roupa transpirada ou 1 hora de exercício mais intenso 3 vezes por semana)
• Controlar a Tensão Arterial (<140/80 mmHg)
• Controlar o Colesterol (de acordo com objetivos individuais)
• Controlar a Diabetes (Glicose em jejum e HbA1C de acordo com características individuais)
•Reduzir a quantidade de álcool para valores que não prejudicam a saúde:
(Homens dos 18 aos 64 anos: 2 copos vinho tinto 10o/dia (= 20 cl/dia); Homens >65 anos e Mulheres: 1 copo vinho tinto 10o/dia (= 10 cl/dia)
• Deixar de fumar