Nutrição

CORPO: O SEGREDO DE OUTONO.

CORPO: O SEGREDO DE OUTONO.
Por Marisa Ferreira


Todas as cidades envelhecem de forma diferente e o mesmo acontece com o nosso corpo. Nesta metáfora, a geografia representa os nossos genes; as estradas as artérias; a rede elétrica o circuito do cérebro; os espaços verdes a pele, e descreve a beleza de uma cidade elegante.


IMG_3025


Lá porque as cartas que nos calharam na genética mostram uma predisposição para retenção de líquidos, metabolismos lentos, entre outras tantas chatices, não significa que não possamos mitigar os efeitos desses genes.

De Setembro a Janeiro muitas são as pessoas que decidem iniciar um regime alimentar para perder os excessos de verão. Contudo, emagrecer depois das férias não é fácil. Os dias parecem deixar-nos mais cansados e sem força de vontade, e esta falta de energia pode ser uma verdadeira luta.


EMAGRECER E EM SIMULTÂNEO ESTIMULAR A PROTEÇÃO CELULAR CONTRA OS DANOS OXIDATIVOS.
Não vale o desespero do reflexo no espelho, quando com uma mão cheia de dicas simples e muita disposição, resolve.


IMG_3024


O Segredo
O truque está em ingerir os três macronutrientes (hidratos de carbono, proteínas e gorduras) no horário certo, nas quantidades certas e combinando-os eficazmente.

Ingestão total de calorias diárias
50% de hidratos de carbono- fundamentais para a nossa performance física e mental, a sua ingestão máxima deve ser feita de manhã, ao pequeno almoço, e ir diminuindo durante o dia.
30% proteínas- essenciais para o equilíbrio do organismo, é fundamental estarem presentes em cada uma das refeições e principalmente ao jantar, já que é à noite que recuperamos.
20% gorduras (1/3 de origem animal, 1/3 de origem vegetal e 1/3 gorduras polinsaturadas, como o azeite).
Assim assegurasse o equilíbrio hormonal em geral.

ORGANIZA AS COMPRAS

No frigorifico:
Laticínios magros
Fiambre de peru
Peixe fresco
Ovos frescos
Vitela
Verduras frescas variadas- brócolos, couve-flor, courgettes, espargos, beringelas...
Frutas frescas variadas- ananás, quiwis, bananas, laranjas...

Na despensa
Pão de mistura ou integral
Frutos secos (nozes, amêndoas ...)
Azeite virgem extra
Proteínas enlatadas como atum ao natural

Vamos lá por o nosso corpo nas 10 melhores cidades para viver
Plano para 3 dias:

Pequeno Almoço
Café com leite sem lactose e um pão integral com compota light
Meio da manhã:
Iogurte magro + 2 tostas de pão
Almoço:
Dourada grelhada+ 1 bata pequena + 1 pratinho de espargos +1 quiwi.
Lanche:
1 pão de mistura + 2 fatias de peito de peru + 3 amêndoas
Jantar:
Salada de espinafres + presunto magro e queijo fresco + consomé de frango + 1 maçã

Pequeno almoço:
Tigela de cereais ricos em fibra e frutas, com leite sem lactose.
Meio da manhã:
1 peça de fruta + 2 fatias de presunto sem gordura+ 2 tostas.
Almoço:
Peito de frango com molho de tomate + 1 tigela de arroz branco+1 salada de alface+ Morangos
Salada de tomate e mozarela + tortilha de atum ao natural

Pequeno almoço:
Iogurte sem lactose com cereais + chá+ salada de frutas.
Meio da manhã:
2 tostas integrais + ½ queijo fresco.
Almoço:
Atum fresco grelhado+ legumes grelhados (beringela, courgette, tomate, espargos...) com azeite e uma batata assada.
Lanche
Sumo de tomate + meio pão de mistura+ 30g de fiambre
Jantar:
Salada de folhas verdes com abacate + omelete de camarão+1 cacho de uvas

Dica:
Uma sopa antes de iniciar o almoço e o jantar sacia. Se sentires fome antes de re deitar, podes fazer uma pequena ceia.
Preparada para o exercício:
R: Não!
Solução: uma caminhada diária de 45 minutos resolve.
Este artigo não dispensa a consulta dos nossos profissionais, consulte-nos para mais informações.

A Cereja!

iPad - Foto 2012-09-07 19_29_26


A Cereja!

A cerejeira é originária do Sudoeste da Ásia. Na cultura japonesa, a árvore era associada aos samurais, porque se considerava que a sua vida era tão efémera quanto a da flor de cerejeira. Esta é, alias, considerada uma das flores mais belas do mundo. No Japão, todos os anos se cumpre a tradição de ir ao parque contemplar as cerejeiras na época de florescimento, o que chama milhares de turistas. Também na Índia a flor é considerada sagrada, dizendo-se que traz sorte e abundância.
Mas falando das cerejas propriamente ditas, as cerejas não são apenas deliciosas, estas também são boas para a saúde. As Cerejas são uma excelente fonte de vitaminas e minerais, tais como: Vitamina A, B1, B2, C, Niacina, cálcio, fósforo, ferro, lipídeos e flavonoides.
Aqui estão sete razões para incluí-los em sua dieta:
Anti-inflamatórias: as cerejas ganharam fama como um dos mais poderosos anti-inflamatórios da natureza, o que significa que elas são benéficas por várias razões. Devido às antocianinas das cerejas, os investigadores mostraram a sua eficácia contra os danos dos radicais livres e a inibição das enzimas ciclooxigenase, sendo melhor do que muitos químicos anti-inflamatórios.
Benefícios para a artrite: de acordo com a Arthritis Foundation, beber sumo de cereja misturado com água três vezes por dia pode ser benéfico para pessoas com artrite. Isto devido às suas propriedades anti-inflamatórias.
Saúde do coração: um estudo da Universidade de Michigan descobriu que uma dieta que inclui cerejas reduz todos os fatores de risco para a doença cardíaca, incluindo a inflamação, gordura corporal e colesterol.
Proteção contra o cancro: investigadores descobriram que as cerejas doces ajudam na luta contra o cancro, graças ao seu alto nível de um antioxidante chamado cianidina. A cianidina é um importante eliminador dos radicais livres e também pode promover a diferenciação celular, um processo importante na luta do organismo contra as células cancerosas.
Fonte de Energia: Antocianina também é bom para o cérebro e tem sido comprovado que ajuda a melhorar a memória.
Rico em Betacaroteno: as cerejas são ricas em betacaroteno, que contém 19 vezes mais do que mirtilos ou morangos.
Ajuda no Sono: as cerejas contêm melatonina, uma hormona que regula os ciclos de sono do corpo.
Deixamos ainda algumas dicas:

1

  1. Quando comer cerejas, não desperdice os pedúnculos ou pés. Estes têm imensas potencialidades, sendo muito utilizados em naturopatia. Assim, deixe secar os pés em ambiente seco, à sombra durante cerca de uma semana. Guarde-os depois num pote e utilize-os para fazer chá.
  2. 2
  3. Utilize cerca de 50 gramas de pés de cereja por cada litro de água, deixando ferver por dez minutos. Este chá ajuda a combater infeções urinárias, pedras nos rins e vesicula biliar, ácido úrico e doenças reumáticas. Serve ainda de diurético.
  4. 3
  5. Uma forma de rentabilizar o consumo de frutas é fazer compotas caseiras, mais saudáveis do que as industriais. Além disso poderá saborear as cerejas fora da época, no inverno por exemplo. Procure cerejas mais escuras e doces, de forma a poder reduzir a quantidade de açúcar na receita.
  6. 4
  7. Pode ainda conservar as cerejas em calda, para utilizar em crepes, waffles, ou outras sobremesas, durante o ano inteiro. Pode ainda adicionar a calda de cerejas em pratos de caça, porco e aves. A imaginação é o limite.
  8. 5
  9. As cerejas têm um tempo curto para consumo. Guarde-as no frigorífico sem lavar nem tapar. Deve lavá-las apenas imediatamente antes de as consumir. Nessa altura, retire primeiro os pés e depois coloque-as debaixo da água corrente, para remover todos os vestígios de produtos químicos.


São o snack perfeito para ingerir entre refeições e um aliado para perder peso, pois ajudam a eliminar toxinas e líquidos, têm poucas calorias e contêm fibra que sacia e combate a prisão de ventre.

Stévia

Captura de ecrã 2016-01-23, às 16.53.15
(In Portal TuaSaúde)

Stévia
A stévia, também conhecida como estévia, açúcar verde e capim doce, é uma planta medicinal que pode ser utilizada para substituir o açúcar ou o mel em sucos, chás e algumas receitas.  Ela se assemelha a uma erva que pode ter até 120 cm de altura com flores de cor branca.
A stévia pode ser comprada em algumas lojas de produtos naturais e feiras livres. Seu nome cientifico é Steviarebaudiana.

Para que serve a Stévia
A stévia serve para o tratamento de dor de dente, azia, diabetes, depressão, fadiga, infecções, candidíase, inflamações na gengiva, reduz a pressão arterial e reduz a necessidade de cigarro e do álcool.

Propriedades da Stévia
A stévia possui propriedade adoçante, hipoglicêmica, hipotensiva, estimulante, digestiva, tônica, diurética, antibacteriana e antifúngica e previne a cárie dentária.

Modo de uso da Stévia
A Stévia pode ser usada em forma de chás, adoçantes em pó ou líquido, cápsulas, tinturas, gomas de mascar e enxaguante bucal.
    Efeitos colaterais da Stévia
    A stévia pode acelerar os batimentos cardíacos e se ingerida em doses elevadas pode abaixar a pressão arterial.
    Contraindicações da Stévia
    Não são conhecidas contraindicações para o uso de stévia.