Saúde da Mulher

Perca Peso com a Acupuntura

PERCA PESO COM A ACUPUNTURA
Por Marisa Ferreira


slim-beauty-1


EM QUE CONSISTE A ACUPUNTURA?

O tratamento acupunterápico consiste no diagnóstico e na aplicação de agulhas em pontos definidos do corpo chamados de "Pontos de Acupuntura" ou "Acupontos", que se distribuem principalmente sobre linhas chamadas "meridianos chineses" e "canais".
O raciocínio que se desenvolve na verificação e tratamento dos problemas práticos apresentado no consultório da Ponto Clínico, é baseado em conceitos como os cinco elementos, o tao (equilíbrio entre yin e yang), o fluxo de chi (a grosso modo traduzido como energia vital) e xué (a grosso modo traduzido como sangue), zang (traduzido como órgão por inexistência de palavra adequada) e fu (literalmente oco, mas geralmente traduzido como víscera). 

ACUPUNTURA E A OBESIDADE

A técnica da acupuntura trata o corpo como um todo, procurando manter em equilíbrio o corpo e a mente. Ao tratar os pontos de acupuntura que estão em desequilíbrio, o corpo vai encontrar a harmonia e o organismo vai funcionar corretamente. 
Esta terapia é um tratamento eficaz no emagrecimento, porque vai tratar a origem do problema, atuando nos pontos de acupuntura que provocam muito apetite e originam um aumento de peso.

DIAGNÓSTICO 

Antes de o especialista inserir as agulhas nos pontos de acupuntura, este vai realizar algumas perguntas ao paciente para entender o que causa a obesidade. O acupunturista sabe quais os pontos que não se encontram equilibrados e provocam um excesso de peso, ao analisar a cor da pele, a pulsação e a cor da língua do paciente.
Um estilo de vida stressante, dificuldade em resistir a determinados alimentos, excesso de ansiedade e sedentarismo, podem conduzir a um aumento do peso. Estes fatores principais da doença, são tratáveis com este método. 

UM TRATAMENTO PARA PERDER PESO, INDOLOR E RELAXANTE

Existem vários pontos de pressão localizados nas orelhas, que têm influência em toda a atividade diária.
Assim, o acupunturista vai inserir as agulhas nesses pontos, os quais vão enviar estímulos ao cérebro. Por usa vez, o cérebro vai transmitir a sensação de saciedade mais cedo do que é habitual.  Este tratamento de acupuntura consiste em dar leves picadinhas nas orelhas do paciente, com o objetivo de regular o sono, o apetite e ansiedade 

QUANTAS SESSÕES?

Até alcançar os resultados desejados, deve realizar uma sessão de acupuntura uma a duas vezes por semana. Este tratamento é indolor e caso sinta dor ou desconforto deve interromper o mesmo e informar o nosso especialista. 

Consulte a nossa especialista e receba a nova estação com mais saúde.

Queda de cabelo.



Acido fólico na saúde
Por Marisa Ferreira

Conhecido popularmente como vitamina B9, o Ácido fólico é um dos nutrientes mais importantes para garantir o funcionamento adequado do organismo em geral, mas principalmente do couro cabeludo, isto porque, todas as vitaminas do complexo B agem diretamente no folículo capilar.
Parte do complexo B, a vitamina B9 agiliza o crescimento dos fios e pode ser uma solução nos casos de alopecia.
 A vitamina B9, em especifico, é considerada um estimulador, sendo responsável pela libertação de nutrientes dos alimentos. Estes nutrientes ajudam os folículos pilosos a deixarem os cabelos brilhantes e volumosos.
Outra contribuição do ácido fólico é a sua capacidade natural na prevenção de defeitos de nascença e neurais, e por isso são frequentemente prescritos medicamentos compostos de ácido fólico a gestantes
.


IMG_0691



Ácido fólico e o envelhecimento prematuro do cabelo
A deficiência de ácido fólico é a principal causa de envelhecimento precoce dos cabelos causando descoloração e aparência opaca- processo chamado de anemia megaloblástica, onde a produção de glóbulos vermelhos do sangue aumenta anormalmente. O consumo regular de ácido fólico ajuda a normalizar a produção das células vermelhas do sangue.

Quais são as fontes naturais de ácido fólico?
Todas as frutas cítricas, feijão, e todos os vegetais de folhas verdes como espinafre, couve, feijão verde, brócolos e pimentos, são fontes ricas de ácido fólico natural. Alguns outos alimentos são enriquecidos com este nutriente essencial como pães, cereais, arroz, massas, farinhas.

Qual é a dose ideal de ácido fólico.
Para adultos, a dosagem ideal de ácido fólico é de 5 mg por dia. O limite de consumo não deve exceder o limite de 10 mg por dia. No entanto, uma gestante, ou uma mãe em período de amamentação pode ingerir de 6 mg a 8 mg de ácido fólico todos os dias para o bem-estar geral. 

IMG_0690

Suplementos
É recomendado que as pessoas consumam, tanto o ácido fólico, como as outras vitaminas, A, E, D, C, zinco e magnésio, por meio de alimentos diários e não por cápsulas. Contudo, algumas pessoas não conseguem absorver determinadas substâncias. Nestes casos, aposta-se no uso de complexos vitamínicos. 
Assim como a maioria das vitaminas, o ácido fólico também pode ser ingerido dessa forma. Sozinho ou com outras substâncias, os suplementos podem ser indicados para quem apresenta um caso grave de alopecia ou deseja agilizar o crescimento dos fios. No entanto, isso requer sempre acompanhamento médico, porque o excesso de nutrientes no corpo, pode causar efeitos inversos e disfunção no organismo.
Perante a queda capilar, deve recorrer imediatamente a um médico especialista para identificar a causa do problema – pode ser hormonal, psicológico, genética, entre outros. Se for anemia ou falta de nutrientes, é possível recuperar com base numa alimentação saudável, excluindo bebidas alcoólicas e o tabaco.

Alerta
Não corra riscos, faça-se sempre acompanhar do conselho de um médico sobre a necessidade e a dose diária recomendada de ácido fólico. É importante saber que as medidas de prevenção e cuidado têm de ser adaptadas à idade, bem como à sua condição física.
E nunca é demais lembrar que o melhor conselheiro é sempre o médico especialista. Consulte-o.

Auto Exame da Mama

Captura de ecrã 2016-03-02, às 12.13.05


Auto Exame da Mama


O cancro da mama é a forma de cancro mais comum na mulher.

Em Portugal surgem todos os dias 11 casos novos, e lamentavelmente, contabilizamos 4 mortes também por dia.
A melhor forma de combate é o diagnóstico precoce e atempado, podendo estar aqui toda a diferença.

O auto exame da mama permite-lhe:

  • Avaliar melhor o seu estado de saúde;

  • Estar atenta às modificações que possam surgir na mama, mamilos e axilas;

  • Ajudar a fazer um diagnóstico mais cedo;

  • Aumentar a possibilidade de cura;

  • Sentir-se mais segura;

5 minutos que lhe podem salvar a vida.
Mensalmente, e após o período menstrual.
Se já estiver entrado na menopausa, defina um dia por mês.
Passo 1: A observação.
A observação deve ser realizada de pé em frente a um espelho em três posições: de braços levantados; ao longo do tronco e de perfil.
Observar ambas as mamas e os mamilos avaliando:
  • Tamanho;

  • Forma;

  • Cor da pele e do mamilo;

  • Existência de crostas ou eczemas;

  • Existência de corrimentos mamilares;

Passo 2: A palpação.
A palpação deve ser realizada de pé e durante o duche/banho ou deitada com uma almofada debaixo do ombro.

Com a mão esquerda palpa-se a mama direita e vice-versa, usando movimentos circulares. A palpação de ambas as axilas permite detetar a existência de gânglios aumentados.

Sinais de Alarme:
  • Alteração da pele (retração, depressão, textura casca de laranja)

  • Alteração da mama (nódulo, volume, dor)

  • Alteração do mamilo (cor, corrimento, tamanho, forma,)